top of page
Buscar
  • Foto do escritorDaniel Bernardo

Precisa formatar seu PC ou notebook? Como identificar essa necessidade?



Seu PC ou notebook está lento, travando, com vírus, abrindo o navegador sozinho, ou com o sistema operacional desatualizado?


Talvez seja hora de formatar seu computador ou notebook, reinstalar o sistema operacional de sua preferência, drivers dos dispositivos, programas em geral, ou seja, deixar ele “redondinho” para utilizar novamente. Mas, quando devemos tomar essa decisão e que cuidados tomar? Essa é a dúvida de muitos usuários.


Primeiramente, temos que ter conhecimento de que o uso diário do seu equipamento, de qualquer maneira, pode trazer ameaças ao seu sistema, ou seja, abrir qualquer e-mail, anexo, arquivo, instalar programas desconhecidos “pra testar”, depois desinstalar, ou usar softwares que necessitem de ativadores de autoria desconhecida, podem causar problemas no computador ou notebook, especificamente no sistema operacional, e esse perfil de uso é comum em uma grande parcela da população, você não é a única pessoa que passa por isso. Todo mundo uma hora precisa formatar seu computador ou notebook, seja para corrigir problemas decorrentes de uso, ou simplesmente atualizar o sistema operacional para uma versão mais recente, ou por uma troca de HD por exemplo.


Mas quais os cuidados que todo usuário deve tomar? Iremos enumerar alguns, para que entendam o porque do artigo estar sendo escrito aqui no blog…


1 – Escolher bem o profissional que vai realizar o serviço, pois uma pessoa inexperiente, pode deixar dados importantes passarem desapercebidos (o famoso “backup” de dados como fotos, músicas, vídeos, documentos, arquivos baixados (download), enfim, antes de formatar o profissional precisa salvar os dados contidos no HD.


2 – Antes de formatar, o profissional precisa “diagnosticar” itens do equipamento, como HD e memória. Pois um HD com problemas ou uma memória defeituosa não se “conserta sozinho” com uma formatação. Um HD deficiente, vai refletir problemas como lentidão e travamentos, e aí a formatação não vai deixar o equipamento em condições perfeitas novamente. Um profissional experiente, já realiza o diagnóstico de pelo menos HD e memória antes de formatar, e aproveita dá uma “geral” no hardware, realiza uma limpeza de cooler, troca de pasta térmica caso identifique necessário.


3 – Verificar a configuração do equipamento antes de instalar a versão de sistema operacional planejada deve ser a estratégia de todo técnico. Um equipamento de configuração fraca, pode não acompanhar a evolução dos sistemas operacionais e programas atuais, então, o técnico deve avisar ao cliente quando uma expansão de memória, ou uma troca de HD comum para SSD seja válida para incrementar desempenho do equipamento.


4 – Instalar sistema operacional que seja válido, assim como programas que não sejam prejudiciais ao equipamento, que usem validadores que podem esconder vírus ou problemas que possam ficar “escondidos” no equipamento, como vírus, programas espiões que deixem o equipamento vulnerável a ataques ou brechas que prejudique uso na internet, principalmente em sites de bancos e de compras online, para que dados não fiquem vulneráveis, ou infectar o computador, documentos, enfim, todo cuidado é pouco


Poderíamos dar aqui mais exemplos e citar mais fatores, porém, deixamos claro que o usuário deve procurar uma assistência técnica de confiança para cuidar de seu equipamento. Lembre-se de que o barato sai caro, e que dados são importantes e devem ser tratados com sigilo e ética.


A consultoria de profissionais especializados fará que tudo corra bem, e seu equipamento volte ao normal.


Ficamos a disposição sempre que precisarem. Até a próxima!


Um abraço.

2 visualizações0 comentário

Commentaires


Logo_whatsapp-removebg-preview.png
bottom of page