top of page
Buscar
  • Foto do escritorDaniel Bernardo

Você vai realmente comprar uma fonte universal para o seu notebook? Tem certeza?

Entenda aqui o mal que essas fontes "universais" podem causar ao seu equipamento.


Sempre recebemos mensagens em nosso Whatsapp, que é um meio muito utilizado pelos nossos clientes para fazer contato direto conosco, e resolvemos escrever essa matéria para um alerta geral, onde já não é a primeira vez de usuários que tiveram problemas com as chamadas fontes universais em seus notebooks.


Vamos citar que a maioria dos casos envolvendo o uso de fontes universais é o fato de equipamentos pararem de funcionar, devido a essas fontes terem danificado o notebook com tensão oscilante de saída, ou com o cliente não sabendo usar, selecionar uma tensão maior do que a especificada, ou de simplesmente o equipamento parar.


Sempre mencionamos que se a sua fonte original está com defeito, procure adquirir uma original ou uma compatível de boa qualidade, porém fugir dessas fontes "baratinhas" que prometem uma grande compatibilidade através de vários pinos de saída que acompanham o produto.


Qual o perigo que essas fontes podem apresentar?


1- Qualidade duvidosa do produto


Primeiramente, o primeiro perigo é a qualidade. São projetos de baixo custo, componentes de baixa qualidade, e não entregam uma eficiência que o equipamento necessita. Podem até durar um tempinho, mas com o uso intenso, a chance dela parar de funcionar ou danificar seu equipamento é considerável.

Nem todas as fontes universais são péssimas, até existem fontes mais robustas, porém de valores iguais a fontes de ótima qualidade, homologadas para uso inclusive com selo do INMETRO, e dentro das normas elétricas.


2 - Selecionar a tensão de saída errada e danificar seu equipamento


Na hora de utilizar, um usuário mais desavisado pode selecionar uma tensão de saída errada, o que pode provocar problemas na entrada de alimentação do notebook


3 - Podem superaquecer a caixa da fonte e até queimar subitamente


Houve casos que fontes universais, em pleno funcionamento, superaqueceram e até exalaram um cheiro forte de queimado, indicando que estão trabalhando sobrecarregadas, pois nem sempre a corrente fornecida por ela é o que o equipamento realmente "puxa" da fonte. Quando a fonte entrega uma corrente menor, o equipamento exige mais dessa fonte e aí os problemas começam.


Por exemplo, uma fonte pode estar operando em 19v por exemplo, isso é a tensão de trabalho, mas se ela entrega uma corrente menor, tipo, um notebook "puxa" mais do que a corrente em ampères que a fonte entrega, ela superaquece por trabalhar sobrecarregada, não suprindo a corrente solicitada, o que danifica ela em um curto prazo e também faz seu notebook funcionar de maneira incorreta, intermitente em alguns casos.


Se o seu notebook precisa de no máximo 3.42A de corrente e a fonte não supre essa demanda durante o funcionamento, ela vai apresentar problemas, superaquece, os componentes internos podem entrar em saturação e se danificarem, até porque a corrente ela durante o uso vai oscilando conforme o processamento do equipamento, em uso severo ou moderado, e claro, o calor dissipado pelo circuito da fonte que é utilizada acima de suas características, pode até derreter a caixa plástica da fonte. Imagine um equipamento ligado por horas, sem um monitoramento do usuário? Podem ocorrer problemas até graves.


4 - Alguns notebooks não são compatíveis com essas fontes universais


Alguns equipamentos não são compatíveis, ou seja, podem ter o plugue de entrada diferente, ou ter uma polaridade diferenciada, ou o fabricante simplesmente programar seus equipamentos para serem incopmatíveis com as universais, podendo a fonte não carregar bateria ou não ser identificada como um acessório homologado.

Nem sempre achamos essas informações fáceis nos manuais de instruções dessas fontes (isso quando há algum manual de uso), então, para equipamentos mais novos, uma fonte universal pode não funcionar e até danificar o equipamento, visto que alguns notebooks utilizam até tensões baixas de entrada, e essas fontes não as possuem, e o usuário compra e utiliza errado, e queima seu equipamento

Um exemplo típico é uma linha de notebooks da Positivo, que possuem tensão de entrada de 5 Volts - 3 Amperes de corrente, e essas fontes universais não possuem essa tensão de saída.

Outro exemplo é a linha Dell, onde muitos notebooks desta marca não conseguem usar essas fontes universais.


Então, o que recomendamos se você precisa comprar uma fonte ou a sua fonte original deu defeito?


No caso das fontes originais que deram defeito, vale muito a pena reparar, inclusive realizamos os reparos em nosso laboratório técnico, como troca de cabo danificado, ou problema no circuito elétrico da fonte.

E caso queiram efetuar a compra de uma fonte, ou comprem uma original, ou compatível de qualidade. Trabalhamos com fontes de primeira linha, com qualidade, garantia e homologadas para uso, para toda linha de notebooks.



11 visualizações0 comentário

Comments


Logo_whatsapp-removebg-preview.png
bottom of page